A Campanha Nacional da Saúde da FNE teve hoje (16 de julho de 2015) mais um desenvolvimento com a realização do Seminário “Profissionais Valorizados na Saúde - O Stress entre os Profissionais Não Docentes”, que decorreu no Fórum da Câmara Municipal da Maia, orientado por Lígia Costa, vice-presidente do Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares de Educação da Zona Norte (STAAE-ZN). 

A apresentação da campanha coube a João Dias da Silva, Secretário-Geral da FNE que, perante uma assistência de cerca de 30 não docentes filiados naquele sindicato, sublinhou a importância da sensibilização e formação sobre doenças profissionais dos trabalhadores da educação, no contexto nacional e internacional.

Lígia Costa frisou que o stress tem ajudado à sobrevivência da nossa espécie, pois a sua superação fortalece o ser humano, abordando de seguida as variáveis e os sintomas físicos e psicológicos que mais contribuem para o stress na educação, tais como problemas de sono, dores de cabeça, astenia ou falta de forças, dores musculares, ruminação, irritabilidade ou medos. Na sua opinião, o combate ao stress requer uma abordagem individual (onde cabe um estilo de comunicação mais assertivo, que é o mais eficaz) e uma abordagem organizacional, que exige uma humanização da escola e dos espaços educativos. A atividade física regular, ouvir música agradável, o contacto com a natureza, horários regulares de sono e alimentação, cultivar amizades, viver mais no presente são, entre outras, algumas das soluções individuais apontadas de bem-estar contra o stress. 

O encerramento do Seminário esteve a cargo de Carlos Guimarães, Presidente do STAAE-ZN.

 

Contactos

Sede: Staaezn
Rua da Constituição, 814
5º sala 28
4200-195 Porto

Telefones: 226 084 476

Telemovel: 966 823 183

Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares da Educação da Zona Norte

Desenvolvido por STAAE Zona Norte