6.000 assinaturas por carreiras para trabalhadores não docentes

15-02-2017 11:39

                        

No próximo dia 16 de fevereiro, pelas 15h30m, delegações da FNE e da FESAP vão entregar na Assembleia da República uma petição com 6.000 assinaturas, no sentido de que o Governo assuma a negociação do restabelecimento de carreiras especiais para os trabalhadores não docentes das nossas escolas.

 

Esta é mais uma ação desenvolvida em nome deste grupo de Trabalhadores da Administração Pública que vive mais um ano letivo sem que esteja determinada uma forma adequada de reconhecer e valorizar a sua importância em cada comunidade educativa.

 

O estabelecimento de carreiras especiais significa que sejam identificados e definidos os conteúdos funcionais específicos que caraterizam a atividade profissional desenvolvida por estes Trabalhadores, essenciais para uma escola de qualidade.

 

Definir conteúdos próprios da área da educação, no âmbito das carreiras especiais, garante o respeito pelas funções para os quais estes trabalhadores estão preparados, bem como a sua estabilidade sócio-emocional e, em última análise, a estabilidade e qualidade do sistema educativo.

 

As escolas não são serviços públicos convencionais. Não podem as escolas progredir com profissionais sem formação específica. Não é razoável admitir que um técnico superior ou um assistente técnico ou um assistente operacional que desempenha funções numa escola não precise de dominar competências substantivamente distintas daquelas que são inerentes às funções que os mesmos profissionais desempenhariam, por exemplo, na restante Administração Pública.

 

Com estas propostas, pretende-se contribuir para uma efetiva escola inclusiva valorizando a sua missão e dignificar os profissionais da educação promovendo a sua motivação para o serviço público de educação.

 

As delegações da FNE e da FESAP integrarão os respetivos Secretários-Gerais, João Dias da Silva e José Abraão, os quais estarão disponíveis nessa ocasião para prestarem declarações dos Órgãos de Comunicação Social.

 

 

Lisboa, 15 de fevereiro de 2017

Voltar

Contactos

Sede: Staaezn
Rua da Constituição, 814
5º sala 28
4200-195 Porto

Telefones: 226 084 476

Telemovel: 966 823 183

Sugestões de melhorias

Por favor preencha os seguintes campos:

Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares da Educação da Zona Norte

Desenvolvido por STAAE Zona Norte