Colégios Privados - Acordo 515€

23-01-2015 14:07

 

 

 

 

 

Colégios Privados e Sindicatos da UGT assinaram um novo Contrato Coletivo de Trabalho em julho de 2014

 

A partir de setembro de 2014 o Pessoal Não Docente do Ensino Particular e Cooperativo passa a ter como ordenado mínimo o valor de 515 euros mensais, sendo que, em setembro de 2015, este ordenado passa para 530 euros. Sublinhamos que estes valores correspondem a um aumento de 2% e deverão ser superiores aos acordados entre o Governo e os parceiros sociais em concertação social para o aumento do Salário Mínimo Nacional.

O horário de trabalho mantém-se nas 38 horas.

Salientamos que, com este acordo, se evita que os profissionais da educação do setor privado fiquem a trabalhar sem ter qualquer regulação.

“Este acordo é da maior importância e constitui uma vitória da concertação e diálogo social. Num momento em que o país vive uma grave situação financeira, os representantes das entidades titulares dos estabelecimentos de ensino e os representantes dos trabalhadores – docentes e não docentes – encontraram um justo equilíbrio entre a necessidade de salvaguardar a sustentabilidade das organizações escolares e a dignificação do trabalho nos estabelecimentos de ensino.” - defendeu a AEEP.

 

Voltar

Contactos

Sede: Staaezn
Rua da Constituição, 814
5º sala 28
4200-195 Porto

Telefones: 226 084 476

Telemovel: 966 823 183

Sugestões de melhorias

Por favor preencha os seguintes campos:

Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares da Educação da Zona Norte

Desenvolvido por STAAE Zona Norte