RESOLUÇÃO - SECRETARIADO NACIONAL DE 29 DE JANEIRO DE 2015

31-01-2015 18:52

É imperioso garantir uma Educação de qualidade - UGT

ugt

O Secretariado Nacional da UGT, reunido no passado dia 29 de janeiro, em Lisboa, aprovou, por unanimidade, uma resolução que dedica um importante espaço ao setor da Educação. A UGT considera imperioso que sejam criadas condições para uma Educação de qualidade e que sejam evitados os erros do passando preparando, desde já, o futuro.

Como positivo a UGT regista a intenção do Governo de proceder proximamente à publicação de uma Portaria que redefine os rácios de trabalhadores não docentes das escolas, o que permitirá dar resposta às suas necessidades de funcionamento e sobretudo evitar o inaceitável recurso ao regime de “contratos emprego inserção” que, tal como noutras áreas da Administração Pública, vêm servindo para corresponder ao que são necessidades permanentes de trabalhadores.

A UGT regista também todos os esforços que estão a ser promovidos pelos seus Sindicatos da Educação, no sentido de evitar que haja quaisquer docentes no regime de requalificação profissional. Com efeito, e para além do que é a total discordância da UGT em relação a este regime, seja para quem for, a área da Educação, pelo seu carácter estratégico não pode dispensar um trabalhador que seja, para o colocar em requalificação, medida que não é mais do que a determinação do desemprego para quem nele entrar.

A UGT demonstra uma grande apreensão quanto à situação portuguesa relativa à concretização das metas 2020, que irá ter uma revisão no presente ano de 2015, nomeadamente em questões como o abandono escolar ou a qualificação de jovens e adultos com o ensino secundário e/ou superior.

https://www.fne.pt/upload/UGT/resolucao_SN_29janeiro2015.pdf

 

 

Voltar

Contactos

Sede: Staaezn
Rua da Constituição, 814
5º sala 28
4200-195 Porto

Telefones: 226 084 476

Telemovel: 966 823 183

Sindicato dos Técnicos Superiores, Assistentes e Auxiliares da Educação da Zona Norte

Desenvolvido por STAAE Zona Norte